segunda-feira, 10 de julho de 2017
Eu nunca vou te mostrar os textos que fiz pra você quando você tava sei lá onde e eu aqui, deitada, sofrendo por você. Enfia onde você quiser esse pensamento miserável de que eu que destruí tudo, a culpa foi literalmente sua, engula. Tô cansada, to deixando você ir, por favor vá, não aguento mais te ter como um empecilho na minha vida, tô cheia de você, tô cheia das suas coisas, leva tudo embora, me apaga de tudo, deleta meu nome da sua mente, do seu coração, eu já fiz isso, acorda pra vida menino!!!
Sabe o que tá acontecendo? Vou te contar...
Eu tava bem sozinha, tava me amando, curtindo a vida e muitas bocas por aí, aí você surgiu do nada e eu boba, iludida, idiota, "apaixonada", não quis perder tempo e comecei a namorar você, eu nem sentia nada por você, eu nem te amava menino, quando aquelas palavras saíram me senti vomitando toda a minha janta na sua cara, e deveria... Tá vai, meio que aprendi a gostar/amar você, e gosto e amo não nego, mas tá apagado, é como se estivesse segurado por um fio, numa corda bamba, como se a qualquer momento puf, fosse apagar. E vai, se você não aparecer, lógico que vai. Eu sou complicada menino, eu aguento, seguro, encho de nó, mas quando tá afundando eu me jogo e deixo lá seja quem for, não vou perder meu tempo e minha vida com alguém que prefere estar numa festa lá na p*ta que pariu do que ao meu lado, não vou ficar com alguém que não valoriza o que tem ao lado, que tá comigo porque quer mostrar ao mundo que namora uma menininha bonitinha e nossa ela é um anjo, não sai de casa, só estuda, vive rodeada de mimos, é a "mulher da minha vida", ah, vai te catar seu merda. Eu te odeio, quero que você se exploda nessa merda de festa idiota, que você encontre sua ex e se mereçam. Filho da puta escroto do caralho. Que você não sabe o quanto tá doendo, porque você simplesmente não se importa, não sou uma boneca pra ter de aceitar tudo o que você vai fazer e bater palminhas e gritar êêêê, comigo não é assim meu bem, não mesmo. Tá parecendo moleza né, deixa só eu te ver. Tá complicado agora?! Você ainda não sentiu metade do meu desprezo e orgulho, ainda tem muita coisa pra ver. Espera só um tantinho, apronta mais uma dessa, curte bastante suas férias, aproveita, isso, é assim que eu gosto, curtindo com seus amigos do peito. Quando você precisar de um deles, talvez eles viagem quilômetros pra te ajudar, e você acha que eu fui irônica? Magina, eu? Ser irônica? Jamais!!! Eles vão te ajudar, agora eu que não perderei meu tempo e meu dinheiro.
Agora enfia esse texto, isso, todinho, enfia mais, tá pouco, isso, bom menino... Agora devolve tudo que você tirou de mim, meu tempo, minhas palavras, meus créditos, devolve tudo, não quero nada meu com você, nem os bom dias, tudo, quero tudo de volta. Agora volta tempo e me deixa fazer diferente, cansei disso, quero minha vida linda de solteira encalhada, quero meus risos e meus bate pernas pra onde eu QUISER, porque eu mando em mim, já você... Você desceu na privada junto com toda a merda que você fez na minha vida. Otário.

0 comentários:

Postar um comentário

Sobre mim:

Sobre mim:
Escrevo para afogar as mágoas ou tentar esquecê-las, ou para registrar-las e sofrer sempre que ler-las, deixo você escolher...
Tenho 19 anos e ainda não vivi nada, acho que sei de tudo, boba, ninguém nunca vai saber. Quer me conhecer? Basta ler um pouco de cada texto, boa sorte.

Seguidores:

Visualizações: