segunda-feira, 25 de novembro de 2013
Pequenos momentos, pequenos sentimentos, felicidade espontânea, felicidade passageira... 

O que é felicidade?

Estudos relatam que a felicidade é um estado durável de plenitude, satisfação e equilíbrio físico e psíquico, em que o sofrimento e a inquietude são transformados em emoções ou sentimentos que vai desde o contentamento até a alegria intensa ou júbilo.
Mas e ai, para você o que é a felicidade?

Podemos senti-lá, mas é difícil defini-la. Para mim a felicidade são pequenos resquícios, estar feliz se baseia em momentos simples de prazer, um abraço apertado, um encontro com uma pessoa especial, se sentir completo, andar contra o vento, estar junto de toda a família, dançar sobre sua música favorita, comer algo delicioso -que você ama-, conversar sobre coisas banais, ler um livro interessante e se infiltrar na história, entre tantos outros aspectos. Para mim ser feliz é isso, mas para os outros como podemos definir a felicidade?

Para muitos a felicidade é o ter, e não o ser, você só é feliz se estiver em Miami coberto de dólares, podendo ir ao shopping á qualquer hora e comprar o que ver pela frente -quem não sonha com isso?-, ter o carrão dos sonhos, andar rodeado de pessoas chiques e ricas, viver no luxo e nas festas mais caras do mundo, e todos os dias a mesma coisa, um dia isso tudo vai se tornar cansativo e vai acabar virando uma rotina insuportavelmente chata e entediante, acredite. E aí você vai querer experimentar coisas novas e isso o que passou é a sua completa felicidade? NÃO, na verdade pode até ter sido nos primeiros momentos, a felicidade é feita de momentos e uma hora vai acabar. 

Cultivar os pequenos gestos e momentos felizes é o que estou tentando mostrar á vocês. Podemos nos sentir felizes até escrevendo um texto -só não estou feliz porque o sono me domina por completo, zzzz-, podemos ser felizes até mesmo com as pequenas coisas que a vida nos trás, então pare de achar que só vai ser feliz quando tiver tudo o que deseja, a vida continua á seguir seu trajeto, o tempo passa, as coisas mudam, então trate de procurar o seu momento de felicidade agora, não espere pelo depois, viva o agora. 

Sorria. 

Ps.: a inspiração para fazer esse texto veio da minha aula de Filosofia, obrigada Filosofia!

Postagem feita por: 

0 comentários:

Postar um comentário

Quem sou eu:

Quem sou eu:
Uma garota apaixonada pelas luzes, que busca por aí a realização de todos os seus sonhos. Amante da escrita e romântica incurável.

Seguidores:

Visualizações:

Blog parceiro: